Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 8 de novembro de 2009

Fora da Zona de Conforto! [08/11/09]

Atraso dos EUA no envio de alimentos aprofunda fome na Somália, diz ONU
o fornecimento de ajuda alimentar crítica à Somália foi interrompido e que as rações para as pessoas famintas tiveram que ser cortadas, em parte devido ao governo norte-americano ter atrasado as contribuições de alimentos por temer serem desviadas aos terroristas.

Corrupção custa até US$40 bilhões por ano a países mais pobres
"Estima-se que de 20 bilhões a 40 bilhões de dólares por ano de recursos desviados saem de países em desenvolvimento para países desenvolvidos todos os anos"

Seca afeta mais de um milhão de pessoas na China
Mais de um milhão de pessoas sofrem com a escassez de água potável pela seca que castiga as províncias de Jiangxi e Fujian, no leste da China, informou a agência oficial de notícias Xinhua.

Campanha de vacinação usada como isca para atacar civis
Exército da RDC (Congo) lançou ataques em sete pontos onde MSF imunizava crianças contra o sarampo

Recuo de financiamento pode prejudicar terapia de Aids
Relatório mostra que expansão do programa para a doença ajudou a reduzir a mortalidade em países com alta incidência de HIV

Sudão: assistência emergencial para os mais vulneráveis em Darfur e sul do Sudão
O CICV está profundamente chocado com o sequestro do funcionário Gauthier Lefèvre em Darfur Ocidental, em 22 de outubro. A organização pede aos sequestradores que o liberem imediata e incondicionalmente e continua determinada a seguir ajudando os mais vulneráveis no Sudão. Segue o relatório das atividades do CICV no Sudão.

Paquistão: ter civis como alvo é uma recusa absoluta ao cumprimento do Direito Humanitário
Depois do bombardeio de quarta-feira em Peshawar – o mais recente e mais sangrento de uma sequência de ataques que tem os civis como alvo – o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) está alarmado com o impacto duro e intenso da violência sobre a população civil no Paquistão.

Os impactos de um mega-projeto de subdesenvolvimento no RJ
Para viabilizar Porto do Açu, o autoproclamado “Homem mais rico do Brasil” ameaça desapropriar mais de 6 mil pessoas e afetar 170 propriedades em 7 mil hectares

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails