titulo

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Não peço que os tires do mundo...

João Cap. 17

Quando conhecemos a Cristo nossa tendência é esperar que nossa vida mude para melhor em todas as áreas. Aquela saúde impecável, aquele carro razoável, aquela casa própria, aquele amor para a vida toda. Todas estas coisas entram no nosso imaginário evangélico esperando que de alguma forma Deus nos tire da nossa realidade atual e nos transporte imediatamente para um novo mundo, onde todas estas coisas maravilhosas são reais nas nossas vidas.
Bom, nos convertemos e por estranho que pareça, nossa fé não nos tirou do mundo que viviamos, onde eramos desempregados ou doentes e não nos tornamos em homens de um "novo mundo" já no presente. Parece que a Vida Eterna não nos trouxe uma existência nova, onde iremos numa entrevista de emprego e seremos beneficiados por uma intervenção divina. Não parece que esta Vida Eterna traz algo como cura para nossas doenças, apesar de alguns receberem milagres raros e pontuais na história. Não parece que esta Vida Eterna nos torna imortais pois irmãos da fé também estam morrendo de diversas doenças.
Então que Vida Eterna é esta? Que novo mundo é este que não acontece já?
O que precisamos compreender é que quando cremos no Cristo Ressurreto, esta fé não nos tira de nossa realidade existencial. Nós continuamos inseridos nela. Continuamos sujeitos a um mundo onde o desemprego assola, a fome cresce, onde crianças tem morrido de aids e fome. Esta fé não nos tira do mundo, como Jesus disse em João Cap. 17:15 "Não rogo pois que os tire do mundo, mas que os proteja do Maligno".
Ele nos protege dentro da realidade que estamos inserido, mas não nos tira dela. Ele nos protege do Maligno sem nos tirar do mundo e da realidade que vivemos. Ele não nos transfere para uma nova realidade onde nada de mal nos possa acontecer, mas nos ajuda com seus ensinamentos a passar as tribulações do dia a dia.
Qual é o objetivo do Maligno? Nos tirar a Vida Eterna.
A Vida eterna não é nos tirar agora da realidade do nosso mundo e nos tornar protegidos de doenças, do desemprego ou de um mal que nos possa acontecer. Veja o que significa Vida Eterna na Bíblia: João Cap 17:3: "A Vida Eterna é esta: Que te conheçam, o único Verdadeiro Deus, e a Jesus Cristo, a quem enviaste".

Então a Vida Eterna não é proteção divina contra as horrendas realidades que vivemos no mundo? Não é uma Vida que nos tira deste mundo? Não! A Vida Eterna é conhecer a Deus e a Jesus.
Então Deus irá nos proteger do Maligno, não nos tirando da realidade que vivemos, mas nos guardando em conhecimento Dele e de Cristo.

Ai vem aquela frase famosa: "Oras, que vantagem Maria leva?" Não chamo isto de vantagem, mas privilégio em conhecer a Deus e a Jesus. Este conhecimento nos ajuda a entender-nos e desta maneira enfrentar os infortúnios da vida com uma outra mentalidade moral, espiritual, racional, nos tornando mais humanos como Cristo.

Nos não fazemos parte desta realidade, mas continuamos vivendo nela, para que possamos levar a Vida Eterna a outros. O mundo nos odeia por que o Reino de Deus é a contra-mão do mundo que vivemos.
Quando começarmos a inserir a realidade do Reino no mundo em que vivemos, não seremos bem quisto, mas é preciso, para que todos possam conhecer a Vida Eterna. Para que neste "mundo do qual não somos", possamos inserir com nossas mãos um pouco do "mundo do qual somos", que é o Reino de Deus, ao próximo, para que no Reino Vindouro sejamos um com o Pai assim como Cristo é com Ele.

Suênio Alves

13 comentários:

João Ferreira disse...

Querido amigo,

Vi seu trabalho aqui, e gostei muito. Sem demora estou te seguindo aqui e no twitter, vou continuar te lendo.
A propósito, que o Deus da vida te ajude a ser um médico sem fronteiras, ou fora do aquário se prefirir.

de seu servo,

João

João Ferreira disse...

Voltei só para dizer que coloquei seu banner com um link na minha página para que meus leitores possam vir aqui também.

Abraço,

João

Lysts29 disse...

Simplesmente perfeito!!!!!!!!
Parabéns
Ly

Arieuston Netto disse...

Olá Suênio...
Desculpe, mas o que vejo são mais divagações e demagogias... Por isso continuo olhando pra Jesus, pois não o encontro na Bíblia olhando pessoas e dizendo: Vá doente e se contente em ter me conhecido, ou vá com fome, ou vá morto... Jesus sempre melhorou a vida daqueles que Ele tinha contato. Talvez vc esteja com este pensamento pq um dia já se decepcionou com a fé mercantilista de muitos, com a teologia da prosperidade, com os profetismos e promessas descabidas... mas querido (e falo com sinceridade), não arranque das mãos dos simples a esperança de uma vida melhor em Jesus. Ele pode abençoar sim, curar, libertar, restaurar e o que Ele quiser... e isso não será "raro" e nem "uma vez ou outra".
Não faço parte de nenhuma destas neo-comunidades e nem apoio os neo-evangelhos e neo-pregadores... tenho tentado seguir os pilares da Reforma... mas não consigo olhar para Jesus e acreditar que a minha vida eterna só começará quando eu morrer... pelo contrário, experimento da minha vida eterna agora, e por não ser deste mundo, como vc mesmo falou, minhas regras e leis não são estas deste Cosmos... entende?
Tenho uma filha e nunca irei tratá-la como se ela não fosse.
Abraços!

Suênio Alves disse...

Olá Arieuston...
nossos pais capricharam no nome hehe

Cara, minha mensagem é para os bilhões que vivem hoje e nunca receberam e nem vão receber um milagre. São pensamentos, assim como os seus. Divagação minha, tanto quanto a sua. Nenhum absoluto tenho pra te dizer. Nem uma regra a que o agir de Deus caiba. Apenas leio a realidade e sempre procuro exceder a minha perspectiva de justiça quando falo da justiça de Deus.

Creio que Cristo falou com estes milhoes que sofrem e mudar a realidade sozinho não é seu projeto. Mas é um trabalho conosco. Não são passes de mágica.
Se a igreja lutasse pela justiça, pela igualdade na sociedade a todos precisariamos ficar orando para abrir portas de emprego?
Se o sistema de saúde fosse acessível e de qualidade a todos precisariamos ficar orando pra qualquer milagre de cura? Doenças fazem parte de nossa realidade.

Sim acredito que a vida eterna começa aqui. Não sei nada do pós-morte. Sei daqui e creio que a realidade do sofrimento das pessoas podem ser melhoradas (não finalizadas) aqui. Todos vamos morrer, ou sofrer. Deus só teve um filho que não pecou. Mas todos sofreram.
Não acredito intervençoes divinas toda hora. São pontuais e para mostrar o Reino. Vejo isto pelos bilhões de crianças agora que passam fome. Se Deus intervem, porque não muda a realidade delas?

Eu respondi a mim mesmo esta pergunta. Creio porque fomos nós que criamos esta realidade injusta, e nós mesmos precisamos trabalhar para mudar ela. Juntos com Deus.

Não penso em ter a verdade, e Deus não age pelas minhas idéias. Só procuro falar aos pobres e doentes que vivem hoje e nunca vão ver nenhum milagre. Quero que eles acreditem que mesmo diante de sua terrivel realidade, Deus está com eles. E que isto seja uma força para vencerem com integridade sua dura realidade.
Isto me consolou, e me consola. Talvez fale com alguns com falou comigo. Espero.

Abraços

Arieuston disse...

Paz Suênio

Acredito que maiores e mais fortes são os laços que nos unem do que os que nos separam...
Tb tenho medo de absolutos... não sou o dono da verdade.. apenas a busco, e creio que a tenha encontrado, mesmo que não a compreenda inteiramente. Aprendi que o imperfeito nunca compreenderá o Perfeito...
Só vejo em teus escritos pesos absolutistas, e é nisso que vejo o perigo.
Quando escrevemos que Deus age "assim ou assado" estamos esquecendo que o Criador não tem regras e nem clichês... Ele determina o modo de agir. Por isso seria melhor ao escrevermos colocarmos "isso digo eu, não o Senhor", como fez nosso irmão Paulo.
Em Cristo e nos laços da Graça e do Amor.

Anônimo disse...

Queria conseguir resgatar a mente que trabalhava dentro de uma inocência bonita, sorridente, feliz. Mas ela ficou no meu passado. Infelizmente esses milagres nunca acontecem, e se não tiver algo a mais nossa vida será inútil.
Amanda.

Leny Brito disse...

No final de 2009, refletimos sobre o texto de Habacuque 3.17-18
"Mesmo não florescendo a figueira,e não havendo uvas nas videiras,... ainda assim eu exultarei no Senhor e me alegrarei no Deus da minha salvação."
Entendo que o que nos identifica como cristãos, são as nossas atitudes quando o dia mal vem sobre nós.
Gostei do seu texto.

Ah, que nesse ano de 2010 vc possa crescer, mais e mais na graça!rsrs

Abraços

Anônimo disse...

Quando "aceitei" Jesus nos meus 'teens' anos em 1989, bem, jamais imaginava que esse encontro com Jesus fosse um tipo de transição para uma vida de classe média altíssima e de saúde 'divina' perfeita, como sugerido, em outras palavras,pelos atuais profetas da Prosperidade.

No final daquela década, aceitei Jesus, porque ouvi a Palavra e fiquei com medo mesmo de ir pro inferno, perder minha alma, ficar longe de Deus quando morresse, coisas desse tipo. Na verdade, senti o peso do meu pecado (palavra tão evitada hoje em dia nos círculos gospels!), e, caso eu não morresse (ainda bem: tou vivo!) queria subir com Ele em seu Retorno!

Hoje, não...o negócio é ter Deus como parceiro pra conseguir o que se quer nessa vida; ter Jesus como aquele que fica intermediando a negociata e o Espírito, como um psicólogo pra amaciar o ego, tão cheio de coisas que, se passarem pelo verdadeiro fogo divino, serão queimadas, porque são apenas palhas!

A realidade é dura...mas como disse Paulo "se é só para essa vida que esperamos em Cristo, somos de todos os homens os mais dignos de lástima" (I Coríntios 15:19).

'Bora' continuar crendo na Vida Eterna? Ela começa aqui, dentro de nós, com o Cristo atrelado ao nosso coração...certamente Ele vem, e, de alguma forma, nós iremos a Ele, um dia! É bom crer nisso!

"Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém; vem, Senhor Jesus".(Apocalipse 22.20)

;=]

J. Carlos disse...

Esse é sem duvida um dos melhores comentários que li nos últimos anos.

marcelo disse...

O Bom é Deus veste os lirios do campo até hoje...

Viver, aprender e ensinar disse...

Gostei muito do que li. Realmente, muitas pessoas buscam a Deus esperando algo em troca. Citando um trecho de um louvor cantado pelo pastor Antônio Cirilo " Quem busca riquezas perde a alma, perde a calma, se perde totalmente.Quem busca ao Senhor encontra riqueza, paz e pureza se encontra eternamente" Cd Toca-me,Senhor Jesus.Muitas pessoas sofrem com doenças, morrem de fome;basta olhar para o nordeste brasileiro e para os africanos. Sei que Deus supre todas as nossas necessidades físicas, basta buscá-lo. Mas passamos por momentos de dificuldades e é preciso ter fé e confiar em Deus, de fato esta é a vida eterna, confiar em Deus olhar apenas para Jesus e assim não morreremos afogado, pois ainda que olhar para o vento e começarmos a nos afogar, basta clamar por Jesus e prontamente Ele nos ajudará.

Viver, aprender e ensinar disse...

Gostei muito do que li. Eu tinha escrito algo, mas como não tenho habilidade nestas coisas, perdi tudo.
Que Deus te abençoe e que muitas pessoas venham ler e ter entendimento de quem é Jesus.

Related Posts with Thumbnails