Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Exposição Interativa dos Médicos Sem Fronteiras


Centro de saúde para pacientes infectados por HIV e tuberculose (TB). Essa região também possui elevadas taxas de casos de diabetes e hipertensão e baixo índice de tratamento adequado e digno. Médicos Sem Fronteiras começou a atuar de forma inovadora no combate a essas doenças, inclusive em pacientes com tuberculose resistente a drogas. O projeto no Camboja é um marco na história das ações de HIV da organização: é considerado exemplo mundial por ter provado a viabilidade de se tratar os pacientes em contextos difíceis. MSF leva ajuda aos cambojanos desde 1979.

O departamento de cirurgia de MSF em Dayniile, na periferia de Mogadíscio, tratou mais de 2,1 mil pessoas vítimas de traumas desde o início de 2008. Mais da metade eram mulheres e crianças com menos de 14 anos de idade. Apesar da instabilidade, MSF trabalha na Somália há mais de 17 anos e atualmente oferece assistência médica em 10 regiões do país. Em 2007, equipes médicas realizaram mais de 2,5 mil cirurgias, 520 mil consultas e internaram cerca de 23 mil pacientes nos hospitais.

Conheça mais na exposição interativa dos Médicos Sem Fronteiras, clique na imagem abaixo.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails