Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 3 de janeiro de 2010

Bom Senso Zero

Este texto foi escrito pelo Paulo Brabo a um bom tempo atrás, mas mostra as interpretações absurdas da realidade a partir da bíblia, feita por lideres religiosos...

Seria engraçada se não fosse acintosa (e aparentemente séria) a idéia de João José Soares Filho, publicada nO Jornal Batista do último 25 de abril, de falar mal do programa Fome Zero do governo Lula acenando com uma interpretação muito rasa das palavras de Jesus.

Uma coisa é exprimir uma opinião política, outra é falar mal de uma iniciativa até meritória com um raciocínio sem fundamento e sem bom senso. Não sou o fã número 1 do programa Fome Zero, mas não escondo que fico envergonhado de ver o governo tentando fazer o que os cristãos deveriam estar fazendo.

José Soares, da 2a Igreja Batista de Nova Friburgo, parece ser de opinião que a fome não deve ser combatida pela excelente razão que Jesus disse que é necessário que haja fomes (Mateus 24.4,7). Ele diz que o programa Fome Zero é uma “utopia” porque a fome “nunca será vencida”. Segundo Soares, esses que tentam combater a fome “não dão importância às palavras de Jesus” – caso contrário, fica claro, não estariam ousando fazer uma barbaridade dessas.

Esse raciocínio, além de raso, é perigoso. É como dizer que não vale à pena combater o pecado, porque a Bíblia diz que todos pecaram. É como dizer que é uma afronta a Deus tentar viver uma vida justa, porque a Bíblia diz que não há justo, nem um sequer. É um argumento falso e inconsistente: um sofisma.

Basta usar o bom senso para ver que não é porque a Bíblia afirma que todos pecaram que Deus não exige uma vida sem pecado. Que não é porque a Bíblia diz que ninguém é justo que alguém deva viver em injustiça. Não é porque Jesus diz que é necessário que haja fome que a fome não deva ser combatida.

O cumprimento da profecia não justifica o pecado nem a omissão. Quem leva a sério as palavras de Jesus deveria estar fazendo o que ele fez e o que ele mandou.

É um escândalo ouvir alguém dizer que a fome não deve ser combatida, ainda mais com a desculpa de que Jesus disse que ela é necessária. Jesus também disse que é necessário que haja escândalos, mas não fica por aí. Ele completa: ai daquele pelo qual o escândalo vier.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails